Conheça 9 famílias negras para seguir e se inspirar no Instagram

No Dia da Consciência Negra, selecionamos alguns perfis que destacam a beleza e a cultura negra e trazem mais representatividade para a internet.

Quando o assunto é empoderar crianças negras, representatividade importa. Ao ver outras famílias, brinquedos, personagens e amigos negros, os pequenos conseguem conhecer melhor suas origens, ter referências culturais e fortalecerem desde cedo sua autoestima.

Esse movimento afirmativo é importante especialmente no Brasil, onde ainda é comum ver famílias sendo vítimas de racismo. Neste contexto nasceu o Dia da Consciência Negra, em 2011. A data resgata a importância do povo negro para a história do país e a contribuição da cultura africana para a nossa sociedade.

Aproveitamos a ocasião para fazer uma lista de famílias negras lindas para seguir no Instagram.

Knixia e Knaomi Smith

View this post on Instagram

Curl-friends for life 💜

A post shared by Knixia and Knaomi Smith (@knixandkna) on

Irmãs norte-americanas que esbanjam desenvoltura (e fofura) em frente às câmeras. Pai e mãe também participam com looks divertidos em família.

Negra Li

View this post on Instagram

Amo. Muito. Tanto. Que dói. 😌🧡

A post shared by Negra Li (@negrali) on

A cantora, que já falou sobre representatividade ao Bebê.com.br, é mãe da cacheada Sofia Kymani e do caçula Noah.

Olympia Ohanian

View this post on Instagram

#Wimbledon ready.

A post shared by Alexis Olympia Ohanian, Jr. (@olympiaohanian) on

A primeira filha da tenista Serena Williams tem um perfil só dela, onde a mãe atleta compartilha cliques fofíssimos do dia a dia das duas.

Sá Ollebar

View this post on Instagram

Leoa? Sim! Da selva (agora não mais na de pedra), que surta e acolhe, sempre guiando sua cria. Essa sou eu. Aprendo e ensino. Vivo, luto e dou o meu melhor dia a dia. E para quê? Para fazer valer a pena toda a transformação que a maternidade me proporcionou. · · · · · #maternidadenegra #bald #ubatuba #maternidadesemfrescura #maternidadesemneura #maternidadecomapego #maternidadereal #ubatubabeach #maternidadenuaecrua #baldgirlsrock #maternidadecomamor #maternidadesemculpa #maternidadenareal #maternidadeleve #nohairdontcare #blogueiranegra #ftoffto #beachlife #mae #baldgirlsdoitbetter #maternidadeativa #maedemenino #maternidadeconsciente #maternidaderealizada #blackgirlmagic #maedemenina #photomodel #photooftheday #pretapariu #maternidade

A post shared by Sá Ollebar | Preta Pariu (@saollebar) on

Vivendo em Ubatuba, litoral paulista, Sá tem 4 filhos e mostra em seu perfil o cotidiano da família e cliques profissionais de seu trabalho como modelo.

Soraja, Shanillia e Janelle

A surinamesa Soraja, hoje vivendo na Holanda, compartilha no Insta o dia a dia com as duas filhas. As duas vivem variando os penteados, um mais lindo que o outro, todos ensinados no canal que a família tem no Youtube.

Ana Paula Xongani

Influencer brasileira, mãe da simpática Ayo, que sempre está presente nas fotos e vídeos do perfil.

Tyra Mitchell

Norte-americana super estilosa que divide na rede o cotidiano com suas gêmeas, com 10 meses de idade, e tem um plataforma para divulgar o trabalho de outras mães criativas, o Art Mom Project.

Xan Ravelli

View this post on Instagram

Não sou de exaltar ou elogiar quando país participam ativamente da educação de seus filhos porque entendo que esse é um papel que cabe ao ser PAI e pronto. Dispensável também eu dizer aqui que @ravelli_paulo só não amamentou, mas aprendeu muito sobre penteados pra cabelos de crianças, dermatite, fonoaudióloga, modelos educacionais, autoestima de crianças negras, criação não-machista, desfralde, afeto (matéria que vc domina), pediatras e vive, e curte sua paternidade de uma forma incrível ❤️ o que diretamente, permite que eu curta minha maternidade de um jeito mais intenso tb (afinal mães sobrecarregadas não conseguem brincar por muito tempo). Como nem tudo são flores, nesse dia vale ressaltar o quanto o MACHISMO desumaniza e invalida a figura do pai – um homem dedicado a família e que divide a responsabilidade da educação dos filhos com a mãe, muitas vezes se vê sem amigos. No trabalho quando precisa acompanhar as crianças num médico ou socorrer uma emergência, mesmo com atestado, a incompreensão e as brincadeirinhas são nítidas, fora o infame “cadê a mãe dessa criança”, bilhetes de agenda da escola direcionados a “mamãe” são, além de outras coisas um desrespeito a figura paterna. PAIS PODEM CUIDAR, SÃO AMOROSOS, GENTIS, PRESENTES E DEDICADOS, bora humanizar nossos homens porque eles são (e podem ser) muito mais que caçadores treinados pra prover comida. YES THEY CAN DO IT 💪🏿 Feliz dia dos pais, Paulão. Amo você ainda mais depois deles ❤️❤️❤️ #soulvaidosa #pretacrespamaede2efeminista #emulherdopaulo #maesnegras #maternidadenegra #paternidadenegra #blackmancandoit #nãoéapenasumdrink

A post shared by Xan Ravelli (@xanravelli) on

Mãe de dois, feminista e influenciadora digital, a brasileira Xan Ravelli dá conselhos e mantém um canal no Youtube para falar sobre maternidade e empoderamento negro.

Cíntia Aleixo

Psicóloga, Cíntia tem um programa de rádio e mantém em seu perfil no Instagram um espaço para falar de maternidade e inspirar outras mães. Tudo com a companhia da filha Manuela.

Carla Cavallieri

View this post on Instagram

"Há força na sua suavidade. Beleza divina em sua humanidade. Uma intensidade suave no seu fogo. Sua força no coração ajuda a impulsionar nosso futuro. Nunca se desculpe pela sua existência. Nunca diminua a sua luz ou encolha a sua voz". @iamhertribe Em tempo de desejar uma semana maravilhosa pra vcs!!!! #maternidadereal #maternidadenegra #écoisademãepreta #mãedegêmeos #mãedecinco #maesolo #mãedemenina #mãedemenino #blogmaterno #ancestralidade #feminino #oms #sus #maepreta #criançasnegras #cotidiano #diaadia #sabedoriaancestral #maternidadeeancestralidade #mulhernegraepuerpério #blogmaterno #bebe #instagood #boanoite #portoalegre #ginecologianatural #parteiras #ervas #alquimiasaúde

A post shared by Carla Cavallieri (@nanamaternidadepretaig) on

A brasileira reúne em seu perfil diversas inspirações, reflexões e imagens sobre a maternidade e o empoderamento da mulher negra.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s