Bebês não são colocados para dormir com segurança, aponta estudo

Mais de 77% das entrevistadas disseram que geralmente – mas nem sempre – deixam os seus filhos na posição indicada pelos médicos. Saiba mais.

Como você costuma colocar o seu bebê para dormir? A Academia Americana de Pediatria recomenda que os pequenos sejam posicionados com a barriga para cima na hora das sonecas para evitar o risco da síndrome de morte súbita, mas um estudo publicado na revista Pediatrics neste mês mostrou que, infelizmente, muitos pais não seguem essa orientação.

Os cientistas convocaram 3.297 mães de crianças de 2 a 6 meses de 32 hospitais dos Estados Unidos e analisaram como elas agem nesse momento. Os resultados não foram satisfatórios: 77,3% das mulheres disseram que geralmente – mas nem sempre – colocam os seus filhos na posição indicada. Já 43,7% das entrevistas contaram que seguem exclusivamente a prescrição.

A pesquisa mostrou que alguns fatores estão relacionados com esse fato como os conselhos médicos e a interferência de outros membros da família, que tendem a deixar os bebês de lado ou de bruços. Segundo Eve Colson, professora de pediatria da Yale School of Medicine e co-autora do trabalho, a justificativa dada é que quando os baixinhos estão com as costas apoiadas no berço, eles parecem ficar desconfortáveis e correm o risco de se sufocar – o que é completamente equivocado.

“Tenho a impressão, pelo o que vemos diariamente nos berçários, que aqui no Brasil a situação é a mesma. Orientamos, mas muita gente não deixa os filhos de barriga para cima como é recomendado. Algumas mães não sabem disso e tem casos em que até as avós falam: ‘eu não acho que é assim’. Não é fácil convencer as pessoas de que essa é a posição mais segura”, pontua Mônica Carceles, neonatologista da Maternidade Pro Matre Paulista, de São Paulo.

A médica ainda explica que os bracinhos do pequeno podem ficar em qualquer lugar e que, naturalmente, ele virará o rosto: “O que importa é o tronco estar de barriga para cima. Depois de uns meses, quando começar a virar, ele já terá adquirido a capacidade de desvirar. Mas é fundamental é seguir essa recomendação na hora de colocá-lo para adormecer”.

Para proteger o pequeno, outros pontos devem ser observados pelos pais na hora do sono como, por exemplo, travesseiros e bichinhos – que não devem fazer parte desse momento. “O bebê pode se enrolar em alguma coisa, se sufocar e até colocar a cabeça no meio das grades. O berço tem que seguir as medidas padronizadas pelo Inmetro e também deve-se evitar os cobertores. Se usar, prendê-los nas laterais do colchão ou abaixo dos braços do bebê”, orienta a especialista.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s