Barbie Frida Kahlo faz parte da nova coleção de bonecas da Mattel

Outras mulheres que fizeram história foram homenageadas no lançamento da marca às vésperas do dia 8 de março. Confira!

Por Alice Arnoldi Atualizado em 7 mar 2018, 00h25 - Publicado em 6 mar 2018, 21h23

Lançada há quase 60 anos, a Barbie já esteve na mira das críticas por reforçar estereótipos de beleza. Mas, nos últimos anos, a boneca adorada pelas crianças tem passado por alterações para se adequar a uma nova realidade, em que nunca se falou tanto sobre feminismo e o papel da mulher. Em 2016, ela ganhou novos estilos de cabelo, cores de olhos e formatos de corpo. Agora, a Mattel anunciou uma linha especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março.

Nesta terça-feira, 06, a empresa apresentou a coleção “Mulheres Inspiradoras”, com versões de figuras femininas que marcaram e fizeram história. A primeira delas é a pintora mexicana Frida Kahlo, ícone feminista que provou que, para ser reconhecida, não precisava seguir um padrão estético estabelecido. Por enquanto, este é o único lançamento que deve ser comercializado no Brasil, com preço sugerido de R$ 249,99.

Boneca Barbie da pintora mexicana Frida Kahlo
Barbie Frida Kahlo Mattel/DIvulgação/Reprodução

Outras duas homenageadas são Amelia Earhart, primeira aviadora a cruzar o Oceano Atlântico; e Katherine Johnson, física, cientista espacial e matemática negra que trabalhou na NASA e ajudou a calcular a trajetória não só do primeiro voo tripulado dos Estados Unidos para o espaço, como da Apollo 11, que levou o homem à lua. A história dela foi retratada no filme Estrelas Além do Tempo (2016), indicado ao Oscar de Melhor Filme. O mais curioso é que, aos 99 anos, ela colaborou de perto com a Mattel, para garantir que sua boneca fosse o máximo possível parecida com ela.

Barbie Katherine Johnson
Barbie Katherine Johnson Mattel/Divulgação
Barbie Amelia Earhart
Barbie Amelia Earhart Mattel/Divulgação

Não há informações se essas Barbies virão para o Brasil. Por enquanto, elas serão vendidas apenas nos Estados Unidos por US$ 29,99. E tanto esses dois modelos quanto o inspirado em Frida Kahlo já estão em pré-venda na loja online da Mattel.

Os lançamentos fazem parte do projeto Shero da marca (mistura em inglês de ‘she’, ela, e ‘hero’, heroína), que desde 2015 tem criado versões de mulheres contemporâneas que quebraram barreiras em suas áreas, como a esgrimista Ibtihaj Muhammad, que ganhou a medalha de bronze nas Olimpíadas do Rio, em 2016. A boneca dela foi a primeira Barbie a usar hijab, tipo de véu islâmico.

Seguindo esse programa, a companhia de brinquedos também divulgou nesta terça-feira outras 14 personalidades homenageadas, entre elas a cineasta Patty Jenkins, que dirigiu o filme Mulher-Maravilha; a boxeadora britânica Nicola Adams, primeira mulher a ganhar uma medalha de ouro nesse esporte; e a chinesa Yuan Yuan Tan, principal dançarina do balé de São Francisco. Essas bonecas, no entanto, não serão colocadas à venda.

Barbies do projeto Shero, da Mattel
Mattel/Divulgação

“As meninas sempre conseguiram desempenhar diferentes papéis e carreiras com a Barbie e estamos entusiasmados em iluminar os modelos de vida real para lembrá-las de que elas podem ser qualquer coisa”, declarou Lisa McKnight, vice-presidente sênior e gerente geral da Barbie, em comunicado enviado à imprensa.

Nas redes sociais, a marca destacou a importância da representatividade feminina no vídeo com sua nova campanha, usando a hashtag #BarbieInspira. Confira:

  • Continua após a publicidade
    Publicidade