Animação promove igualdade de gênero na infância

Com o objetivo de quebrar o ciclo de preconceitos, ONG alerta para a necessidade de prestar atenção na educação que damos aos nossos filhos.

Se em pleno século 21 a igualdade de gênero ainda parece um objetivo distante – que demanda esforços diários e resulta em muitos olhares tortos para quem coloca a questão em discussão – relacionar o assunto à criação dos filhos pode parecer um exagero para algumas pessoas. Longe disso, porém, precisamos lembrar que é nos primeiros anos de vida que passamos aos pequenos os valores que elas levarão para a vida toda.

Foi pensando nisso que a ONG Plan International deu início à campanha Desafio da Igualdade. Com o objetivo de trazer o tema para debate e, mais do que isso, falar sobre a importância de uma educação durante a infância que promova a igualdade de gêneros, a organização que atua em prol dos direitos da criança divulgou uma animação que traz reflexões importantes.

O vídeo conta a história de Ana e João, irmãos gêmeos que refletem costumes seculares tão enraizados e naturalizados na nossa sociedade que muitas vezes passam despercebidos dentro da nossa própria casa. Seja incentivando só a menina a ajudar nos trabalhos domésticos, seja reprimindo as emoções do menino, hábitos criados nos primeiros anos de vida resultam em comportamentos difíceis de serem mudados na vida adulta.

Mas, então, o que você pode fazer para mudar isso? “E se a gente encontrasse uma nova maneira de educar nossas crianças?”, diz a animação. “Em casa, na escola, em qualquer lugar… Criar ambientes com direitos e oportunidades iguais para todos e, assim, dividir responsabilidades e tarefas de um modo justo. Para que, no futuro, João não ache que tem mais poder que a Ana”.

A ideia da ONG é ampliar o diálogo com pais e educadores, levando à reflexão e possibilitando, assim, a criação de ambientes livres de preconceito. No site da campanha, é possível acessar dados importantes sobre a desigualdade de gênero do Brasil, bem como dicas para criar filhos – meninos e meninas – com oportunidades iguais.

No canal PlanBrasilTV, no YouTube, há diversos vídeos sobre a questão que são superinteressantes e que nos ajudam a pensar sobre o assunto e, nas redes sociais, você pode acompanhar postagens com as hashtags #EuEducoSemMachismo e #DesafiodaIgualdade.

A seguir, assista a um mini documentário que relata a experiência de professores em promover a igualdade de gênero em escolas do Piauí:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s