10 coisas que mães solo não aguentam mais ouvir

Criar um filho sozinha já é complicado, imagina então quando você precisa lidar com comentários tão desagradáveis!

Quem tem filho (ou está grávida) sabe muito bem o quanto comentários e opiniões podem ser extremamente desagradáveis. O que mais tem por aí é palpiteiro profissional querendo dar pitaco na gestação e na criação do filho alheio. E para quem é mãe solo esse problema é ainda maior. Sempre aparece alguém para dizer “ah, coitada de você, criando ele sozinha”, mas nunca alguém disposto a oferecer uma ajuda, não é mesmo?

E se você ainda não está familiarizada com o termo “mãe solo”, aí vai uma explicação básica da Helen Ramos, mãe do Caetano, e criadora do vlog Hel Mother:

Bom senso e empatia são ingredientes indispensáveis na hora de abrir a boca (seja para falar com uma mãe ou com qualquer pessoa), mas tem gente que às vezes se esquece disso. Então, listamos 10 coisas que nenhuma mãe solo deveria ouvir:

1. “Coitada de você, criando seu filho sozinha”

Gente, favor não confundir empatia com sentimento de pena! Sim, é complicado criar um filho sem a presença do pai, mas nenhuma mãe deveria ser obrigada a ouvir esse tipo de comentário. Dizendo isso, a pessoa não demonstra que compreende a situação da outra mãe – só faz com que ela se sinta ainda pior!

Divulgação Divulgação

2. “Caramba, como você dá conta?”

Como milhares de outras mulheres!

A menos que você esteja realizando uma pesquisa para o IBGE ou algo assim, não faça perguntas desse tipo a uma mãe com quem você não tem intimidade. Já parou para pensar que aquela mulher pode estar sobrecarregada? Que ela pode estar passando por uma fase difícil? Ao invés de perguntar isso, que tal dizer “posso ajudar em alguma coisa?”. Bem mais útil e gentil.

Divulgação Divulgação

3. “E o seu filho não sente falta de uma figura masculina?”

Talvez sim, talvez não, mas certamente não é algo que a mãe queira compartilhar com qualquer pessoa! Deixe que ELA resolva desabafar e se sinta confortável para falar a respeito disso, contando os eventuais questionamentos que o filho possa fazer no dia a dia por não ter um pai presente.

Divulgação Divulgação

4. “Você é jovem, ainda dá tempo de achar um ‘pai’ para o seu filho”

Oi? Que pensamento mais antigo! Aliás, muitos homens têm preconceito de se envolver com mães solo justamente por causa da crença de que essas mulheres estão desesperadas em busca de um padrasto para seus filhos. Vamos simplesmente parar de passar essa ideia distorcida adiante?

Divulgação Divulgação

5. “Que lindo o seu bebê! E cadê o pai?”

Pode ser que a pessoa tenha dito isso na maior inocência do mundo, só que esse tipo de pergunta pode causar um baita climão. Infelizmente, ser mãe solo ainda é algo muito estigmatizado na sociedade. Algumas mulheres podem não se abalar com curiosidades como esta, mas outras podem ficar bem constrangidas em ter que explicar sua situação. Na dúvida, melhor não sair fazendo indagações assim a uma mãe que você não conhece direito.

Divulgação Divulgação

6. “Então quer dizer que você não planejou a gravidez?”

Pois é, acontece! Assim como ocorre com muitos casais. O que não significa que aquela criança seja menos amada do que as outras. E por que será que certas pessoas fazem tanta questão de saber detalhes íntimos da vida dos outros? Melhor deixar claro que isso não é da sua conta, não é verdade?

Divulgação Divulgação

7. “Você se dá bem com o pai? Ele paga pensão direitinho?”

Mais uma vez: é possível que aquela mãe seja súper bem resolvida e responda “sim, tudo certinho”. Acontece que TALVEZ ela tenha uma trajetória de sofrimento em relação ao pai da criança. Perguntas como esta podem abrir uma ferida, sabia? Na dúvida, apenas lembre-se de que isso só diz respeito a ela.

Divulgação Divulgação

8. “Menina, não sabia que você tinha casado!”

Esse tipo de comentário acontece quando o sujeito não vê aquela mãe há anos e, ao saber que ela está grávida ou tem um filho, logo presume que está casada. Que tal evitar uma saia justa e apenas NÃO tirar conclusões precipitadas? Bem-vindo ao século XXI – mulheres engravidam mesmo sem se casarem.

Divulgação Divulgação

9. “Mas você não quis se casar com o pai do seu filho?”

Pelo amor de Deus! Tem noção do rolo que pode haver por trás da história de uma gravidez não planejada? Que tal não se intrometer nos detalhes íntimos da vida de uma mulher? Novamente: esse é o tipo de indagação que pode trazer muitas angústias à tona. Se aquela mãe quiser falar a respeito, deixe que ELA entre no assunto.

Divulgação Divulgação

10. “Ué, mas com quem você deixou a criança?”

É muito comum as mães solo ouvirem isso quando saem sozinhas. Gente, mães também merecem vida social, sabia? E podem, sim, sair para tomar uma cervejinha com as amigas, namorar, ir à balada e tudo mais. Mesmo que o pai não seja presente, mães solo podem contar com o auxilio de avós, tios, amigos etc. E criar um filho de forma independente não significa estar grudada ao pequeno o tempo todo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s