10 anos após ser diagnosticada com ovário policístico, mulher engravida de trigêmeos

Contrariando as expectativas médicas, a inglesa Donna Turner descobriu a gravidez tripla uma década após ter ouvido que nunca poderia engravidar naturalmente.

Imagine receber a notícia de que você não poderá ter filhos naturalmente. Para uma mulher que deseja ser mãe, essa informação pode destruir muitos planos – e foi o que aconteceu com a cuidadora Donna Carter. Aos 24 anos, ela foi diagnosticada com a síndrome do ovário policístico (SOP) e acreditou que o sonho da maternidade nunca se concretizaria. Isso porque esse distúrbio hormonal crônico pode afetar a fertilidade feminina, uma vez que interfere no processo de ovulação. Mas aos 34 anos – uma década depois da triste descoberta -, Donna teve uma incrível surpresa: ela estava grávida. E não apenas de um nem dois, mas, sim, de três bebês!  

Moradora de Warsop, em Nottinghamshire, ela tinha acabado de retornar à Inglaterra após passar quatro anos no Egito, vivendo com o seu parceiro, o policial Mahmood, quando soube que a família iria aumentar. “Foi um grande choque. Os médicos me disseram que as chances disso acontecer eram de 1 em 1 milhão, é como ganhar na loteria”, declarou a inglesa ao jornal britânico Daily Mail.

Seguindo recomendações médicas e tomando todos os cuidados que uma gestação múltipla exige, Donna fazia exames quinzenalmente durante o pré-natal. E tudo corria bem, até que, na 32ª semana de gestação, a cuidadora apresentou um quadro de pré-eclâmpsia – o que a levou a ficar em coma induzido por 15 horas.

Quando acordou, a inglesa foi informada de que já havia dado à luz seus três meninos e mal pôde acreditar! “Eu não percebi que eles haviam nascido. Eles me mostraram uma foto deles e mesmo assim eu não acreditava. Eu estava tão grande que pensei que ainda estava grávida. Então eles me levaram para ver os bebês”, contou a mamãe à publicação.

Os trigêmeos Adam, Miles e Damian chegaram ao mundo por meio de uma cesárea há sete semanas e, apesar da prematuridade, nasceram com saúde, pesando em média dois quilos. Donna revelou que os irmãos passaram apenas um dia na UTI neonatal e estão se desenvolvendo de acordo com o esperado – e já estão até mais pesadinhos: com 3,1 kg cada um! “Quando eu tinha 24 anos me disseram que eu não poderia ter filhos e agora eu sou abençoada aos 34 com 3 bebês”, finalizou Donna. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s