13 dicas para manter o quarto das crianças em ordem

Saiba quais são as melhores formas de guardar as roupas, calçados, itens de higiene e cosméticos do filhote.

Roupas tumultuadas no armário, itens de higiene misturados com outras coisas, brinquedos no chão… Essa cena é familiar para você? Conversamos com a personal organizer Carol Rosa, de São Paulo, e reunimos dicas simples para ajudar os pais que querem deixar o cantinho dos filhos mais organizado – sim, com algumas medidas simples, isso é possível! Confira:

1. Separe as roupas por idade

Alexandradabija/Thinkstock/Getty Images Alexandradabija/Thinkstock/Getty Images

Carol Rosa explica que os tamanhos das peças costumam variar de fabricação para fabricação, por isso, os pais não devem agrupá-las olhando apenas as informações das etiquetas. É preciso comparar os itens e deixar os menores à frente dos maiores para que eles sejam usados antes.

2. E faça o mesmo com os sapatos

Arquivo pessoal Arquivo pessoal

“Coloque os sapatos menores na primeira prateleira e os de número maior nas debaixo. Para quem não tem uma sapateira, a melhor sugestão é deixar os pares menores à frente e os maiores atrás”, recomenda Carol. Segundo a personal organizer, isso é importante para que a criança não perca roupas ou calçados sem nem ao menos usá-los.

3. Invista em cabides infantis

Saklakova/Thinkstock/Getty Images Saklakova/Thinkstock/Getty Images

Eles ocupam menos espaço no guarda-roupa porque são menores e mais finos. Assim, os pais conseguem deixar a maior quantidade possível de roupas penduradas. Além disso, a especialista lembra que eles são apropriados para o tamanho das peças infantis – fica mais fácil guardar as roupas e não há riscos de estragá-las.

4. Pendure algumas peças e mantenha as outras em gavetas ou prateleiras

Arquivo pessoal Arquivo pessoal

Priorize os cabides para os vestidos e as roupas mais sociais da criança. “A recomendação para os bebês é colocar as peças nas gavetas na seguinte ordem: primeiro o body de manga curta, depois o de manga longa, macacão e macaquinho”, orienta a especialista. Dessa forma, o armário do filhote ficará organizado de acordo com o que ele mais usa no dia a dia.

5. Guarde algumas roupas em caixas

Barry Austin/Thinkstock/Getty Images Barry Austin/Thinkstock/Getty Images

É comum a criança ganhar presentes para usar quando for maior, mas, muitas vezes, o excesso de peças deixa o armário cheio – o que também impede que os pais enxerguem as roupinhas que o filho está usando na fase atual. “Essa dica também serve para os itens que estão ficando pequenos. É importante guardar para avaliar depois com calma o que será mantido e o que será doado”, ressalta Carol Rosa.

6. E também utilize os modelos de tecido

MillefloreImages/Thinkstock/Getty Images MillefloreImages/Thinkstock/Getty Images

Essas caixas servem para guardar as roupas de praia do pequeno como sungas, maiôs, biquínis… Ou até mesmo aqueles conjuntos pesados que a criança só veste nos dias mais frios do inverno – não vale a pena ocupar as gavetas o ano inteiro com peças que serão usadas com pouca frequência. O mesmo vale para as fantasias de personagens ou de datas comemorativas.

7. Aposte em organizadores

Arquivo pessoal Arquivo pessoal

Eles são excelentes para guardar medicamentos, cosméticos e itens de higiene, como algodão, fraldas e pomadas. Para a personal organizer, esses produtos que são usados com frequência devem estar sempre à mão dos pais. Mas também é necessário tomar cuidado para que eles não fiquem ao alcance das crianças e, assim, não causem acidentes.

8. Arrume as gavetas com colmeias

Adrian825/Thinkstock/Getty Images Adrian825/Thinkstock/Getty Images

Elas são divisórias que podem ser usadas para várias funções, como acomodar calcinhas, cuecas, meias e acessórios. “Tudo fica arrumado, pois o espaço disponível estará ocupado de maneira otimizada”, lembra a personal organizer.

9. Etiquete sempre!

Arquivo pessoal Arquivo pessoal

Essa é a melhor maneira de indentificar o que tem dentro das cômodas e gavetas. “Caso a criança ainda não saiba ler, cole na frente um desenho do que está dentro: um carrinho, uma boneca, um avião”, sugere. Essa é uma ótima maneira de ensinar noções de organização para os pequenos. Outra opção é usar caixas transparentes. “O ponto favorável é que a criança consegue visualizar o que tem dentro de cada uma delas. Além disso, é possível lavá-las”, explica a especialista.

10. Deixe os brinquedos em cestos ou baús

Authenticcreations/Thinkstock/Getty Images Authenticcreations/Thinkstock/Getty Images

Separe e categorize-os por tipos, como carrinhos, bonecas, bichinhos de pelúcia, jogos, bolas… “Dependendo da quantidade de brinquedos e do espaço da casa, às vezes ainda é possível fazer subdivisões, como carrinhos pequenos e grandes”, explica Carol. A especialista não vê nenhum problema em guardar os brinquedos no quarto do pequeno. “Quanto mais visíveis eles estiverem, mais as crianças conseguirão aproveitar tudo o que têm. Só é preciso ficar atento para deixar fora do alcance delas os que contêm peças pequenas”, orienta.

11. Guarde os jogos nas próprias caixas

Pavel Losevsky/Thinkstock/Getty Images Pavel Losevsky/Thinkstock/Getty Images

Essa é uma boa dica para não perder nenhuma peça, carta ou acessório essencial para a brincadeira, mas nem sempre há espaço suficiente. “Caso isso aconteça, recorte o desenho a ser montado e coloque todas as peças juntas em um saquinho transparente tipo zip lock”, aconselha a especialista.

12. Separe os materiais de artes

Arquivo pessoal Arquivo pessoal

Reserve uma caixa para guardar tintas, canetas coloridas, lápis de cor, cadernos de pintar, pincéis… Dessa forma, eles não irão se misturar aos brinquedos.

13. Deixe os livros à mostra

Wavebreakmedia/Thinkstock/Getty Images Wavebreakmedia/Thinkstock/Getty Images

Se possível, coloque-os em uma prateleira. “Ao contrário de uma biblioteca – em que as obras são enfileiradas – coloque os livros do seu filho de frente, deixando as capas visíveis”, orienta a personal organizer. Essa é uma maneira de estimular a leitura desde cedo, pois as crianças poderão pegar as obras com facilidade, brincar, folhear as páginas e depois devolver para o mesmo local onde estavam.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s