Publicidade
Cartas para minha filha Jornalista e editora do Bebê.com.br, Fernanda Tsuji guarda cartas para o futuro, colecionando textos para sua filha Cecília ler quando for mais velha.
Mas é também ter a sorte grande de uma trajetória acompanhada - e vale cada segundo, filha.
Eu achei que você, aí no futuro, iria querer saber como sobrevivemos nesse período. (Spoiler: cansadas sim, mas enfrentando juntas).
Não importa o meu gosto, o meu desejo para e sobre você. Importa o seu tempo. E ele precisa passar independente de mim.
Ou o porquê do dia das mães ser melhor a cada ano. 
Em tempos de coronavírus, alguns pratos vão cair. O que a gente está fazendo mesmo, filha?
Publicidade