Slings para bebês: as diferenças entre os modelos e como usar cada um deles

Práticos e confortáveis, os carregadores de bebê fazem sucesso entre as mães modernas. Antes de ir às compras, confira as nossas dicas!

Há alguns anos, uma mãe que saísse à rua levando seu bebê pendurado ao corpo por um pedaço de pano poderia causar espanto. Hoje, com a popularização dos carregadores de bebê, os olhares são de admiração. Com benefícios comprovados – entre eles o de permitir que o bebê fique na posição vertical após as mamadas -, os slings vêm ganhando cada vez mais adeptos no mundo. Além da praticidade, eles estreitam os laços entre pais e filhos. “A proximidade de estar perto da pele da mãe ou do pai gera um vínculo maior com o filho”, ressalta Mariana Nudelman, pediatra do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

Liberados desde o primeiro mês de vida, os carregadores mais recomendados são os ergonômicos, de tecido, que permitem posturas fisiológicas e mantêm o bebê sempre confortável em várias posições. Segundo a pediatra, o récem-nascido pode ficar apoiado no sling da mesma maneira como os pais o seguram no colo, de lado, ainda mais no momento da amamentação. “Mas a posição ideal para os pequenos é ficar de frente para o cuidador, com o contato entre a barriga do bebê e a barriga da mãe ou do pai. A cabeça deve ficar na altura do pescoço do adulto e as perninhas como se a criança estivesse sentada, com o joelho flexionado”, explica. 

Na hora de escolher o modelo ideal, os pais devem procurar um produto de boa procedência, para garantir a segurança da criança, e ficar atentos a estes fatores:

Desenvolvimento do bebê

“Até os três meses, costumo indicar o sling de tecido porque o bebê ainda não sustenta a cabeça e esse tipo de carregador oferece maior apoio para a cabeça e o pescoço do pequeno”, explica Mariana Nudelman. Depois dessa faixa etária, quando o bebê já tem maior sustentação, os pais podem escolher outros tipos, como o canguru. Para as crianças maiores, há a opção de sentar com as perninhas abertas, para fora do sling. É sempre bom observar que, qualquer que seja o carregador, o pequeno não deve ficar pendurado pelos quadris, para não forçar essa articulação e comprometer seu desenvolvimento. “O joelho deve estar dobrado e flexionado, na altura do quadril, para não trazer problemas futuros como na hora da criança começar a andar e a se locomover”, esclarece a especialista. 

Base do carregador

“A base onde o bebê senta não pode ser estreita, ela deve ser larga para deixar os joelhos e o quadril da criança na posição adequada”, alerta a pediatra.

Tempo de uso

Além da precaução com o filhote, os pais também devem tomar certos cuidados ao utilizar os carregadores. Embora não tenha idade ou peso limite para os bebês deixarem de usá-los, os cuidadores devem avaliar até que ponto levar a criança dessa forma é confortável para eles. “Quando o bebê é um pouco maior, os pais não devem carregá-los por muitas horas nos slings, somente quando é realmente necessário”, afirma a pediatra. Ela aconselha modelos que tenham as tiras largas, que oferecem um bom apoio aos ombros e não causam problemas para a coluna do adulto. 

Tipo de tecido

Os de algodão são melhores, pois evitam a transpiração e o calor excessivo. A médica ainda faz outro alerta: “os pais devem evitar se alimentar ou mesmo tomar bebidas quentes quando estão segurando os bebês nos carregadores a fim de evitar acidentes”.

Modelos de slings

Canguru, wrap sling, mei tai… Confira diferentes tipos de carregadores e saiba como transportar seu filho com segurança:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s