Quando é preciso fazer amniocentese?

Entenda por que esse exame pode ser pedido e quais são os riscos ao fazê-lo.

Aos 38 anos, estou grávida pela primeira vez. Tenho que fazer um exame tão invasivo quanto a amniocentese? Quais os riscos?

“A amniocentese é um exame em que uma agulha guiada pelo ultrassom é introduzida no útero e aspira uma amostra de líquido amniótico. Aos 38 anos, não existe a obrigação de fazer esse procedimento. O que se sabe é que, a partir dos 35, aumentam os riscos de síndrome cromossômica, como a de Down. Existem exames que avaliam a probabilidade de o bebê desenvolvê-la. Entre eles destaco a ultrassonografia morfológica do primeiro trimestre, realizada ao redor da 12ª ou 13ª semana de gestação. Ela fornece o risco corrigido para síndrome de Down. Se não der aumentado, não é necessário fazer o exame invasivo. A decisão é sempre do casal, não uma imposição médica. O risco da amniocentese é baixo. A cada mil procedimentos, um pode ter perda fetal”, esclarece Julio Elito Junior, obstetra e professor livre-docente do departamento de obstetrícia da Unifesp, de São Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s