Mãe posta foto de cicatriz da cesárea para falar dos julgamentos sobre esse tipo de parto

Até o momento, o post do Facebook teve mais de 6 mil curtidas, mil compartilhamentos e comentários de pessoas que se identificaram com o relato.

A polêmica envolvendo os tipos de parto é recorrente no mundo da maternidade. Há defensores para cada uma das maneiras de trazer um bebê ao mundo, mas também há quem diga que quem teve o filho por cesariana não “deu à luz”, ignorando, muitas vezes, o que realmente motivou essa decisão. Na última semana, no dia 9 de outubro, Jodie Shaw usou a página do Facebook Birth Without Fear para discutir sobre isso. Ela publicou uma foto da sua cicatriz de cesárea e escreveu um depoimento falando sobre os julgamentos que muitos fazem sobre essa via de nascimento.

Na publicação, Jodie disse que não pode mudar a visão que os outros têm, mas que decidiu fazer a postagem para que todos entendam que, apesar das mães terem planos para a chegada do bebê, na hora do parto tudo pode mudar. “Às vezes nós não temos escolha. Eu não tive escolha”, revelou. A mamãe explicou que teve que se submeter à cesariana porque além de placenta prévia, ela tinha um mioma “do tamanho de um melão no colo do útero”, como ela mesma descreveu na rede social.

Ela também fez um apelo para que as pessoas parem de criticar as mães que fizeram cesárea: “Na próxima vez que você julgar alguém por não fazer o que você considera ser ‘dar à luz’, por favor, tome um minuto para pensar por qual motivo eles agiram daquela maneira”, escreveu. Jodie terminou o texto mostrando que tem orgulho da sua cicatriz, afinal, ela representa o procedimento que salvou a sua vida e trouxe o seu filho ao mundo saudável e ileso.

O post viralizou e, até agora, recebeu mais de mil comentários de mães que se identificaram com a situação. “Eu nunca vou entender isso. Não, você não deu à luz no sentido ‘tradicional’, mas você certamente deu à luz. As pessoas são muito estúpidas e vão criticar de qualquer maneira. Não importa, você é uma mãe e fez tudo o que pode para trazer o seu bebê ao mundo”, comentou uma seguidora.

Atualização

A repercussão do relato de Jodie Shaw foi tamanha que ela decidiu se pronunciar novamente. Nesta quarta-feira, 19, a mãe publicou um texto no blog Birth Without Fear para responder a alguns questionamentos que recebeu e poder explicar melhor o que aconteceu. Afinal, a cicatriz causou mesmo um estranhamento entre as pessoas, que estão tão acostumadas com o corte na horizontal. “Este foi o meu segundo filho. O primeiro também nasceu por cesárea e eu tenho a familiar linha de incisão de ‘biquíni’ que as pessoas estão se referindo”, escreveu.

A mamãe comentou que, por conta do mioma e da placenta prévia, os médicos não conseguiram reabrir sua antiga cicatriz da cesárea e, por isso, eles decidiram fazer uma incisão vertical. “Não é mais um método comum devido aos riscos envolvidos, como a perda de sangue e recuperação prolongada, mas era a única opção. Então, para quem tem questionado porque eu ‘permiti’ que fizessem isso, este é o motivo”, explicou. Ela também fez questão de ressaltar que esta foi a melhor decisão para ela e o seu bebê. 

Nas redes sociais, algumas pessoas chegaram a dizer que a cicatriz não era somente decorrente do parto cesárea, mas Jodie desmentiu: “A incisão não foi porque eu removi o mioma. Ele ainda está lá. O mioma foi detectado na 12ª semana de gestação e, gradualmente, foi crescendo e crescendo, mas a esperança era de que ele encolhesse depois da gravidez”, afirmou. Por isso ela tem ido a consultas médicas para acompanhar sua saúde e afirmou que, caso tivesse removido o tumor, teria que se submeter a uma histerectomia total (cirurgia que retira o útero). “Então, enquanto eu não tenho dor ou desconforto, ele vai ficar onde está”, completou.

Jodie destacou, ainda, que a foto da postagem que viralizou foi tirada um dia após a cesárea e que agora a cicatriz não está mais daquela maneira: “Os grampos e as suturas foram removidos 10 dias depois e agora eu tenho uma cicatriz ‘normal'”. Ela também informou que, embora não tenha ouvido alguém dizer diretamente que ela não deu à luz, resolveu publicar esse post baseado nos contínuos comentários de pessoas que afirmam que fazer cesárea é uma opção fácil. “Um nascimento é um nascimento. Fim da história”, encerrou a mãe. 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s