“Eu encapsulei a minha placenta”, conta Fernanda Machado

A atriz é mais uma das famosas que aderiu à placentofagia. Saiba mais sobre essa prática controversa.

Depois de fazer a cabeça de diversas celebridades internacionais, como Kim Kardashian, Alicia Silverstone e Jennifer Lopez, a prática de comer a placenta tem sido adotada por algumas famosas brasileiras. Recentemente, a apresentadora Bela Gil causou polêmica ao contar que ingeriu essa estrutura que abriga o bebê durante a gravidez numa vitamina com banana. Agora, quem revelou ter aderido à placentofagia foi Fernanda Machado.

Mãe do pequeno Lucca, de apenas 1 ano e 4 meses, a atriz dedicou um vídeo no seu novo canal do YouTube para falar sobre os benefícios da placenta encapsulada. “Eu confesso que a princípio eu achei a ideia um pouco estranha e meio nojenta […], mas eu ouvi tantas maravilhas sobre isso que não tinha como não tentar”, disse Fernanda na gravação.

A atriz explicou a técnica que foi utilizada por sua doula para transformar a placenta em cápsulas e falou, também, sobre as doses que chegou a tomar durante os primeiros meses de vida do filho. Para Fernanda, isso a ajudou a se recuperar melhor do parto e a passar pela fase do puerpério de forma mais tranquila. “Eu não tenho como afirmar que todos os benefícios que eu senti vieram da placenta ou se foi um efeito placebo, mas de qualquer maneira eu acho que valeu muito a pena”, defendeu a mamãe.

Na verdade, não há qualquer evidência científica de que a prática possa prevenir a depressão pós-parto, aliviar a dor, diminuir o sangramento após o nascimento do bebê ou aumentar a produção do leite materno – como tem sido propagado. E isso foi demonstrado por cientistas da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, que revisaram dez estudos sobre placentofagia e publicaram a conclusão do trabalho no periódico Archives of Women’s Mental Health, em junho de 2015.

“Não há uma regulamentação sobre como a placenta deve ser armazenada e preparada. Além disso, a dosagem também é desconhecida”, alerta a psicóloga Cynthia Coyle, principal autora do estudo.

Assista ao vídeo completo da atriz Fernanda Machado:

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s