5 coisas que passam pela cabeça das mães no pós-parto

"Será que eu vou dar conta?", "Como vou equilibrar todas as funções que desempenho?", "Estou feliz ou triste?". Confira a lista completa!

Esqueça toda aquela espera dos nove meses e as pendências que foram resolvidas com cautela durante a gestação. O pós-parto é um período marcado por muitas descobertas e um turbilhão de emoções. Apesar de ser um momento feliz, também é uma fase de adaptação que traz mudanças para toda a família, especialmente para as mães que estão se descobrindo na nova função e dedicam grande parte do seu tempo à amamentação. Perguntamos às nossas leitoras nas redes sociais quais foram as principais coisas que passaram pela cabeça delas durante o puerpério. Leia os relatos e veja se você se identifica!

1. “Será que vou dar conta?”

(nd3000/Thinkstock/Getty Images)

É normal ficar insegura diante de uma nova situação que traz grandes responsabilidades. Mas você não precisa se sentir culpada porque, com o tempo, tudo se resolve da melhor maneira. É o que aconteceu com a mamãe Mariane Rossi após a chegada do seu bebê: “Na gravidez eu estava tranquila, mas quando o meu pequeno nasceu, junto com o amor, nasceu em mim também o pânico. Um medo enorme de não dar conta, de não saber o que fazer. E se ele precisasse de X e eu só conseguisse Y? Foi um sentimento horrível – eu estava sempre tensa. Mas conforme o tempo foi passando, as coisas foram acontecendo e descobri que junto com o amor e o pânico também nasceu uma segurança ‘estranha’. Eu fazia com maestria e precisão tudo para o meu filho, como se tivesse nascido sabendo fazer tudo, mesmo nunca tendo feito quase nada no universo da maternidade”.

2. “Conheci um amor imensurável”

(Purestock/Thinkstock/Getty Images)

Diante de um misto de emoções e grandes mudanças, também surge um amor inexplicável. Aline Correa revelou que passou por isso ainda no pós-parto. “Eu pensei: ‘Como pude viver tanto tempo sem ela? Por que esperei tanto?’. Realmente o amor de mãe é um amor que dói, que não cabe no peito”, afirmou a leitora. É claro que nem sempre esse sentimento aparece imediatamente após o nascimento da criança e está tudo bem. Mais uma vez, é preciso ter paciência porque as coisas se ajeitam e esse sentimento aparece no tempo certo e só cresce!

3. “Estou feliz ou triste?”

(monkeybusinessimages/Thinkstock/Getty Images)

Depois de nove meses, o bebê tão aguardado chegou ao mundo e, apesar de estar feliz, você também tem se sentido um pouco estranha e deprimida? Calma! Muitas mães enfrentam essa mistura de sentimentos que pode levar ao Baby Blues. Liedy Aquino passou por isso e relatou a sua experiência. “Medo de ter complicações no pós-parto e não conseguir cuidar do bebê, do marido não entender sua dedicação 100% voltada para o filho, de não ter paciência suficiente para entender o que o bebê quer, do leite não ser suficiente, do bebê dormir e você também e acontecer algo. Um mês se passou e somente agora consigo relaxar e entender um pouco as diferenças dos choros e ‘quereres’ da minha pequena”, confessou a mamãe. Já Camila Gomes contou que o período após o nascimento da sua pequena foi um pouco conturbado para ela: “Minha filha tem o sono irregular e isso quase me deixou maluca de cansaço. Cuidar da casa, administrar as visitas e atender às expectativas das pessoas torna tudo mais complicado. Pós-parto é para ser compreendido e facilitado por todos ao redor. A recém-mamãe tem que ter ajuda, aquele apoio moral delicado”.

4. “Como vou equilibrar todas as funções que desempenho?”

(fizkes/Thinkstock/Getty Images)

A maternidade é uma experiência incrível, mas não é fácil administrar as atividades que se acumulam com o nascimento de um filho. Juliana Pinheiro contou que se questionou sobre essa questão durante o pós-parto. “E o meu casamento? Deixei de ser esposa e agora sou apenas mãe?”, comentou no Instagram. A mamãe Thamy Cristina Castro também passou por esse mesmo dilema: “Será que vou dar conta de cuidar de um bebê, da casa, de mim, do marido e do cachorro?”, exemplificou.  É natural que essas perguntas pipoquem na cabeça de quem acabou de dar à luz, afinal, a chegada de uma criança é algo que modifica para sempre a vida dos pais. O ideal é deixar a ansiedade de lado e evitar cobranças desnecessárias. Você não precisa dar conta de tudo e não só pode como deve pedir a ajuda de pessoas próximas para executar algumas tarefas – como fazer a lista de supermercados ou mesmo ficar com o pequeno por um tempo.

5. “Por que as pessoas dão tantos palpites?”

Mães com os filhos no parque

(Olga Sapegina/Thinkstock/Getty Images)

É claro que, muitas vezes, os famosos pitacos surgem ainda na gestação. Mas basta a criança nascer para que apareçam julgamentos sobre coisas variadas: a amamentação, a rotina da família, os cuidados diários. “Ouvi centenas de pessoas falando sobre o que era a gestação e o parto e o meu momento foi diferente de todos. Claro, algumas coisas podem acontecer igual, mas ao todo as experiências são diferentes. Conselhos são bons, mas nem todos servem para nós”, relatou Karina Mendes. Já a mamãe Renata Ribeiro disse que preferiu lidar de outra forma com as informações que recebeu. “Sentia que estava preparada para passar por tudo isso. Os poucos momentos de medo logo se foram para dar lugar a uma mulher completamente renovada, mais madura e muito melhor. Eu nasci de novo no dia do parto”.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s