Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Saúde

Presença dos pais atrapalha sono dos filhos

Gabriela Agustini Atualizado em 06.01.2012
Presença dos pais atrapalha sono dos filhos

Getty Images

Criança que dorme sozinha acorda menos no meio da noite e descansa melhor, revela pesquisa

 

A polêmica envolvendo a permissão para os pequenos repousarem na cama dos pais ganhou um novo elemento para discussão esta semana. Um estudo da Universidade da Filadélfia, nos Estados Unidos, comprovou os malefícios desse hábito para o sono da criança. A tese foi apresentada no 23º Encontro Anual da Associated Professional Sleep Societies, ou Sleep 2009, que acontece esta semana.

 

Segundo a pesquisa, crianças que passam a noite no seu próprio quarto dormem mais rápido e melhor, não têm o sono fragmentado e desenvolvem menos problemas que prejudicam o repouso noturno.

 

Jodi A. Mindell, professora de psicologia e autora do trabalho, explica que estudos anteriores já haviam comprovado essa relação. “A novidade é que a presença dos pais atrapalha, inclusive, quando não há compartilhamento de cama ou quarto com o pequeno”, explica.

 

O simples fato de o pai ou a mãe, ou outro adulto, estarem por perto no momento de o filho pregar os olhos pode ter efeito negativo. Segundo a especialista, quando isso acontece as crianças tendem a precisar de ajuda para adormecer novamente se acordam no meio da noite.

 

O levantamento, que analisou mais de 29 mil crianças de diversas partes do mundo, observou que 64,7% dos pais asiáticos deixam o pequeno dormir na mesma cama e 86,5% dividem o mesmo quarto com o filhote. Foi a maior taxa registrada no globo. Em outras regiões, como Europa, a porcentagem despenca para 11,8% e 22 %, respectivamente.

 


Rede MdeMulher
Publicidade