Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Alimentação

Atenção ao leite de vaca

Cyntia Nogueira Atualizado em 04.06.2012
mae-atencao-ao-leite-de-vaca
Getty Images

Engana-se quem pensa que a bebida garante a produção de leite materno. Ela pode, inclusive, intensificar as cólicas e as alergias nos bebês

Diz a crença popular que caprichar nos goles de leite pode interferir positivamente na produção do leite materno. Não passa de um mito, alertam os médicos. Inclusive, um mito perigoso, é bom lembrar. O exagero no consumo do leite de vaca e seus derivados pode desencadear vários problemas para o bebê. "Algumas crianças são sensíveis às proteínas presentes nesse alimento, que são passadas através do leite materno", explica o pediatra Paulo Pacchi, da Santa Casa de São Paulo. O resultado, geralmente, aparece na forma de cólicas, alergias ou intolerância à lactose, uma reação ao açúcar lácteo.

 

A dica, portanto, é não beber muito leite nem consumir laticínios além da conta. Também não é recomendável comer, numa mesma refeição, iogurtes, requeijão e queijos. Atenção: esses alimentos só devem ser cortados da dieta com orientação médica e se a mãe realmente perceber que eles estão relacionados aos problemas com a saúde do pequeno.

 

No caso das cólicas, é fácil tirar a prova. Basta interromper a ingestão do leite de vaca e dos laticínios por uma semana e observar a reação da criança. Se as cólicas desaparecerem, provavelmente, estava aí o gatilho do problema. Porém, se elas persistirem, a explicação deve ser outra. O pequeno, por exemplo, pode estar engolindo muito ar durante as mamadas. "Cerca de 80% do ar no intestino é deglutido pelo bebê, que ainda não sabe engolir direito", diz Pacchi. Assim, para evitar que isso ocorra, o especialista recomenda que a criança fique o mais ereta possível na hora de mamar, abocanhando bem o peito da mãe.


Recomendamos Para Você

Rede MdeMulher
Publicidade