Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Família

Inspire, expire... e mergulhe na maternidade

Cyntia Nogueira Atualizado em 26.04.2012
inspire-expire-e-mergulhe-na-maternidade
Getty Images

A tensão de planejar a gravidez pode ser aliviada com a ajuda de técnicas como yoga, meditação e massagens especiais. Conheça algumas delas

De um lado, tudo parece cor-de-rosa. O desejo de ter um bebê inspira mil planos na candidata a mamãe. Ela sonha acordada com a chegada da criança, a amamentação, o primeiro choro... Do outro lado, a realidade volta a pintar tudo de preto e branco. É quando entram em cena as velhas inseguranças envolvendo a carreira profissional, o medo de engordar, a aflição diante da responsabilidade que vem pela frente. Tudo isso parece jogar um balde de água fria no desejo de ter filhos. Tenha calma! Essa tensão é muito natural no planejamento da gravidez e pode ser aliviada com a ajuda de técnicas como yoga, meditação e massagens especiais.

 

Os benefícios dessas práticas, que prometem equilibrar corpo e mente, são pra lá conhecidos. Além de relaxar, elas ajudam a equilibrar os hormônios e a regular os órgãos do aparelho reprodutor, preparando a mulher tanto fisicamente quanto psicologicamente para uma experiência feliz durante a gestação. Podem inclusive aumentar as chances de concepção, já que atuam diretamente no controle do estresse. "Esse grande vilão é capaz desregular as funções hormonais, comprometendo a fertilidade", esclarece Elaine Paulino, professora do centro Respire Yoga, em São Paulo. De acordo com ela, se não há problemas pré-existentes no aparelho reprodutor, é possível controlar a instabilidade emocional que interfere no corpo da mulher. "Isso cria um clima hormonal mais favorável para quem deseja ter um bebê", diz Elaine.

 

Embora diferentes, essas técnicas também se preocupam com o autoconhecimento e a autoestima da mulher, que assim adquire mais confiança em sua capacidade de dar à luz. Durante a gestação, a atenção voltada para dentro de si também vai ajudar a futura mãe a perceber as mudanças em seu corpo e a reagir a cada uma delas com serenidade. Sendo assim, inspire, expire, mexa o corpo e relaxe...


Rede MdeMulher
Publicidade