Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Alimentação

Coma melhor antes de engravidar

Cristiana Felippe Atualizado em 01.08.2012
Coma melhor antes de engravidar
Getty Images

Esqueça a velha história de que só a mulher deve se cuidar para engravidar. Existem dicas específicas para ambos os sexos que planejam ter filhos

Uma simples mudança de hábito alimentar pode fazer toda a diferença para quem deseja ter filhos. Quem nunca ouviu falar que comer ovo de codorna e amendoim é um bom afrodisíaco? O uso de produtos estimulantes para melhorar o desempenho sexual do casal é muito conhecido popularmente, mas poucas pessoas sabem que estudos já comprovaram que certos alimentos têm também a capacidade de colaborar com a fertilidade.

 

"Muitos casais conseguem conceber com sucesso depois de receber certas orientações médicas a respeito da alimentação", diz Arnaldo Schizzi Cambiaghi, diretor do Centro de Reprodução Humana do Instituto Paulista de Ginecologia, Obstetrícia e Medicina da Reprodução (IPGO), em São Paulo. "Pode parecer difícil no início, mas eles, simplesmente, eliminam alguns produtos e substituem por outros melhores."

 

Esqueça a velha história de que só a mulher deve se cuidar para engravidar. O papel do homem também é fundamental na geração de um bebê saudável. Ambos devem diversificar o cardápio incluindo cereais, produtos integrais, oleaginosas, frutas, legumes, verduras, laticínios e carnes magras nas quantidades recomendadas.

 

Nada de jejum prolongado

De maneira geral, quem pretende engravidar precisa de uma alimentação equilibrada, com maior quantidade de frutas e vegetais, pelo menos, cinco a seis porções por dia são consideradas desejáveis além da ingestão de fibras, incluindo grãos e cereais integrais. Também é importante não saltar nenhuma das refeições do dia: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Entre elas, o ideal é fazer lanches leves e saudáveis.

 

Cuidado com os exageros e as guloseimas — pequenas quantidades de uma fruta ou um copo de leite são suficientes. É aconselhável ainda consumir um alimento de cada grupo nutricional por refeição. Durante esse processo, o ideal é que o casal evite ingerir produtos industrializados e refinados e inicie uma dieta também rica em alimentos crus, com sucos de frutas e vegetais. O ideal é prestar atenção às vitaminas e minerais.


Rede MdeMulher
Publicidade