Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Desenvolvimento

Cabeça firme para enxergar longe

Débora Mamber Atualizado em 31.01.2012
Cabeça firme para enxergar longe
Getty Images

Controlar o pescoço é um importante passo no desenvolvimento do bebê

O chamado controle cervical ou seja, quando o bebê se torna capaz de levantar a cabeça é um importante ponto de referência em sua autonomia. No início, essa habilidade vem à tona de maneira quase autônoma e um tanto desajeitada. O bebê se desloca para a frente, para trás e para os lados quando é colocado no ombro depois da mamada, na hora de trocar as fraldas ou no banho. Até os 4 meses de idade, no máximo, a criança descobre como usar com mais precisão os músculos para elevar, rodar e equilibrar o crânio. Segundo os fisioterapeutas, esse ato, que parece simples, é fundamental, pois, sem ele, não seria possível adquirir outros ganhos, como sentar, engatinhar e caminhar. Até mesmo a fala e a alimentação ficariam comprometidas.

 

Os movimentos e a visão também estão intimamente conectados. Quando levanta a cabeça, o bebê amplia seu olhar. Pronto: o mundo se revela à sua frente. Portanto, os pais podem incentivá-lo a mexer a cabeça colocando brinquedos à sua frente. Aos 3 meses, o pequeno deve ser capaz de seguir com os olhos os movimentos das coisas. Eterno curioso, vai querer logo experimentar outra musculatura a do tronco. À medida que consegue se segurar sozinho, os pais vão mudando naturalmente a forma de apoiá-lo primeiro larga-se a cabeça, depois as axilas e, por último, a cintura. Essa atitude instintiva favorece a criança a desenvolver paulatinamente a habilidade de sentar-se.


Recomendamos Para Você

Rede MdeMulher
Publicidade