Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Desenvolvimento

Brincadeiras para fazer com o bebê

Mônica Brandão Atualizado em 15.05.2014
brincadeira-com-bebe-14

Getty Images

Saiba quais atividades você deve explorar para divertir e estimular o seu filho de acordo com o desenvolvimento dele — do berço aos primeiros passos!

Todo mundo sabe que brincar é algo muito importante para os bebês. Não só para eles se divertirem, mas também para ajudar no seu desenvolvimento. E brincar com os pais é ainda melhor, pois promove a interação da família, faz você conhecer melhor o seu filho e o ajuda a se sentir mais seguro e amado. Mas na hora H, muitos pais ficam sem saber exatamente o que fazer. Afinal, para brincar, temos de largar o raciocínio de lado e se deixar levar pelo prazer e pela fantasia — algo que desaprendemos como adultos. Uma boa ideia é investir em brincadeiras, músicas e jogos dos quais você gostava quando era criança. Era louca por bonecas? Compre algumas de pano para brincar com o seu bebê. Adorava Os Saltimbancos? Vá atrás das músicas para ouvirem juntos. "Quando os pais brincam com prazer, a criança sente e aproveita mais", ensina Maria Ângela Barbato Carneiro, pedagoga e coordenadora do Núcleo de Estudos do Brincar da Pontifícia Universidade Católica de Sao Paulo.

 

Conheça abaixo 42 sugestões de atividades para fazer com o seu filho. Elas estão divididas por fases. Quando ele sentar, você pode continuar com as brincadeiras da primeira fase, adaptando-as, e assim por diante. Não esqueça que a capacidade do bebê em se concentrar é muito pequena. Então, quando ele desistir da brincadeira depois de três minutos, não é porque não está gostando — mas sim porque já está pronto para a próxima!

 

 

Fontes

Adriana Friedmann, educadora e autora do livro A Arte de Brincar (Editora Vozes); Andréa Pissaia, fisioterapeuta, empresária e dona da loja Meu Pé de Brinquedos (SP); e Maria Ângela Barbato Carneiro, pedagoga e coordenadora do Núcleo de Estudos do Brincar da Pontifícia Universidade Católica de Sao Paulo.


Recomendamos Para Você

Rede MdeMulher
Publicidade