Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Beleza

Em busca da beleza

Maria Dolores Atualizado em 20.01.2012
Em busca da beleza
Getty Images

Muitas mães recorrem à cirurgia plástica para recuperar a silhueta esbeta. A dica é respeitar o tempo necessário para o corpo voltar ao normal antes de encarar o bisturi

Não é raro ver nas páginas das revistas ensaios fotográficos com celebridades exibindo um corpo impecável logo após a gravidez. Algumas chegam a recuperar a forma física em apenas um mês. "Se elas podem, por que eu não?", questionam-se muitas mamães. Afinal, é como música para os ouvidos receber elogios do tipo "nem parece que você teve filho".

 

A corrida para recuperar em curto espaço de tempo as formas que exibiam antes da gestação tem levado milhares de mulheres às salas de cirurgia. Nos Estados Unidos e na Inglaterra, por exemplo, os procedimentos que tentam liquidar os sinais deixados pela gravidez são vendidos como pacotes atraentes batizados de mommy makeover ou mommy job - numa tradução livre, algo como "transformação da mamãe". Só para ter uma ideia, em 2007, a Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos contabilizou mais de 325 mil cirurgias plásticas em mães entre 20 e 39 anos.

 

Não existe uma estatística semelhante no Brasil, o segundo país no ranking da cirurgia plástica - só perde para os Estados Unidos -, mas o apelo a esse tipo de procedimento tem sido cada vez mais utilizado após a gestação. "A maioria das pacientes que vem ao meu consultório em busca de uma abdominoplastia quer minimizar alterações desencadeadas pela gravidez", afirma o cirurgião plástico Gustavo Gibin, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. No entanto, o bisturi não é uma varinha de condão e a silhueta não muda da noite para o dia, como num passe de mágica. Depois de nove meses de intensas transformações, é preciso respeitar o tempo necessário para o corpo voltar ao normal e, só então, recorrer à cirurgia, se for o caso. Veja aqui qual é o momento certo para tratar a flacidez.


Recomendamos Para Você