Luana Piovani relembra aborto espontâneo na primeira gestação

"O mundo todo me deu pêsames sem eu pedir nada. Foi um momento que eu queria ficar em silêncio porque dentro de mim era muito barulho", comentou a atriz.

Luana Piovani é mãe de três crianças: Dom, de 5 anos, e os gêmeos Bem e Liz, de 1 ano e 9 meses. Mas antes de ter os pequenos, a atriz passou por um momento difícil e encarou um aborto espontâneo em 2004. Na época, ela tinha um relacionamento com o empresário Ricardo Mansur.

Anos depois do episódio, a artista resolveu falar sobre a questão. No vídeo “Privacidade”, publicado no canal “Luana Sem Frio” do YouTube, ela contou que as pessoas não souberam lidar com o acontecimento e respeitar o seu tempo.

“O mundo todo me deu pêsames sem eu pedir nada para ninguém. Foi um momento que eu queria ficar em silêncio porque dentro de mim era muito barulho. Eu fui recebendo pêsames a cada cinco passos que eu dava. Foi dificílimo. Piorou muito a minha situação”, revelou.

Ainda abordando a temática privacidade, a atriz falou sobre expor os filhotes nas redes sociais: “Ou mesmo quando você acabou de ter o seu filho e ainda não está preparada emocionalmente para que todos saibam a cara dele, mesmo que você tenha vontade de expô-lo”.

Assista ao vídeo completo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s