Rafa Brites publica relato sobre paternidade ativa

"Pai de primeira viagem não era pai tanto quanto a mãe não era mãe. Eles aprenderão juntos", escreveu a artista.

A importância da participação do pai na vida da criança é um assunto que vem sendo cada vez mais discutido. No último domingo, 19, a repórter e apresentadora Rafa Brites postou uma foto com o filho Rocco e o marido, Felipe Andreoli, e fez um texto abordando a questão.

“Pai não ajuda. Pai divide. Pai não faz favor. Apenas faz. Pai não fala a frase: Hoje estou de babá. Pai não carrega só bolsa do bebê, o carrega. Não é o motorista enquanto a mãe vai no banco de trás. Essa posição pode inverter também”, escreveu a artista no começo da mensagem.

Ela ainda falou que, assim como a mulher, o homem também está se descobrindo no novo papel: “Pai não pede pra mãe se pode fazer isso ou aquilo com o filho. Pai de primeira viagem não era pai tanto quanto a mãe não era mãe. Eles aprenderão juntos. Isso não quer dizer que o banho seja da mesma forma. Que a fralda fique igual. O pai não tem medo de errar. De derrubar, de afogar. Afinal de contas é o seu filho. Ele tem instinto. E essa palavra não deve ser usada apenas para as mães“.

Rafa reforçou o quanto é importante que os pais de meninos os eduquem para serem gentis e doces, assim como os de meninas devem ensiná-las a serem fortes. No final da mensagem, a apresentadora contou a experiência que tem tido com o marido. “Eu amei conhecer o pai do meu filho. Eu me entrego ao sono em paz pois a outra metade está ali… Eu cuido de você. Você de mim. E nós dele”, revelou.

Confira o relato de Rafa Brites na íntegra:

Pai não ajuda. Pai divide. Pai não faz favor. Apenas faz. Pai não fala a frase: Hoje estou de babá. Pai não carrega só bolsa do bebê, o carrega. Não é o motorista enquanto a mãe vai no banco de trás.Essa posição pode inverter também. Pai não pede pra mãe se pode fazer isso ou aquilo com o filho. Pai de primeira viagem não era pai tanto quanto a mãe não era mãe.Eles aprenderão juntos. Isso não quer dizer que o banho seja da mesma forma. Que a fralda fique igual. O pai não tem medo de errar. De derrubar de afogar. Afinal de contas é o seu filho. Ele tem instinto. E essa palavra não deve ser usada apenas para as mães. Pai lê os livros. Frequenta os cursos, não por medo dos hormônios da esposa grávida, ele quer, ele presta atenção.Anota. Pai senta no bar com os amigos e fica mostrando fotos do seu filhote. Ele cuida da recém mamãe.Ele ajuda na casa. O pai de menino vai ensinar seu filho a ser gentil, doce. Sua filha a ser forte, guerreira e vice e versa. Sem diferenças. Eu amei conhecer o pai do meu filho. Eu me entrego ao sono em paz pois a outra metade está ali… @andreolifelipe Eu cuido de você. Você de mim. E nos dele.

A post shared by Rafa Brites (@rafabrites) on

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s