O vídeo dessa mãe dando à luz em um parto na água está comovendo a internet

Nada de gritos ou desespero. A aparente tranquilidade de Audra Lynn no nascimento do filho é o que tem surpreendido as pessoas nas redes sociais.

Quando você imagina uma mãe dando à luz, provavelmente a imagem que vem à sua cabeça é como naquelas cenas de filme, em que uma mulher aparece aos berros até que os gritos dão lugar ao choro do bebê. Certo? Na verdade, nem sempre é assim. Prova disso é o vídeo do parto de Audra Lynn, que está fazendo o maior sucesso na internet. Nele, a mamãe aparece dentro de uma banheira, respirando rapidamente durante uma forte contração. Ela, então, faz o último movimento de expulsão e, silenciosamente, consegue ver seu filhote chegando ao mundo. Audra logo retira o pequeno da água, segura-o em seus braços e se emociona ao lado do marido, Pete Sykes.

O registro do nascimento foi feito pela parteira Lisa Marie Sanchez no condado de Orange, Califórnia, nos Estados Unidos. E desde que o vídeo foi postado nas redes sociais, no dia 3 de setembro, o número de visualizações não para de crescer: já são mais de 17 milhões no Facebook, 11 mil no Instagram e quase 120 mil compartilhamentos. “Eu acredito que o vídeo viralizou porque é um lindo momento, em uma atmosfera tão íntima, privada e relaxada”, declarou Lisa Marie. 

E, de fato, o que mais tem surpreendido as pessoas na web é a aparente tranquilidade da mãe. Afinal, estamos acostumados a associar o parto a uma dor que parece insuportável. Mas é possível, sim, fazer com que este processo seja um pouco menos doloroso. E o primeiro passo para isso é a escolha de um ambiente acolhedor, no qual a gestante se sinta segura, com liberdade e privacidade para aguentar as longas horas do trabalho de parto – que tende a ser menos demorado a partir do segundo filho, como era o caso de Audra. “O que acontece é que o organismo guarda uma memória, facilitando não só a passagem do bebê, mas até a recuperação da mãe”, explica Erica Mantelli, ginecologista, obstetra e sexóloga, especialista pós-graduada pela Universidade de São Paulo.

Vele lembrar que a dor é um processo fisiológico e varia muito entre as mulheres. Além disso, o principal benefício do parto na água é o alívio no desconforto que as grávidas sentem durante as contrações. A água aquecida não só diminui o estresse do momento, como aumenta a irrigação sanguínea, relaxa a musculatura e facilita a saída do bebê – como o que aconteceu com a mamãe Audra Lynn. “O que não é possível ver no vídeo é que a cabeça da criança já está para fora. Então eu disse para a Audra para esperar a próxima contração e é quando o bebê voa para fora”, contou a parteira. O resultado é uma filmagem de pouco mais de um minuto e cheia de emoção. Assista:

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s