Mariana Ferrão comemora 7 meses do filho e faz desabafo sincero nas redes sociais

A apresentadora do programa Bem Estar falou sobre as conquistas do pequeno e a volta ao trabalho depois do fim da licença-maternidade.

João, o filho caçula de Mariana Ferrão, comemorou 7 meses há duas semanas. Para homenagear o pequeno, a jornalista compartilhou ontem um relato em sua conta do Instagram falando sobre a tarefa de conciliar o retorno ao emprego com o papel de mãe. “Não imaginava o quanto encontrar tempo seria difícil nesta volta ao trabalho com dois filhos… Tenho experimentado uma angústia que me aperta o coração e que muitas vezes me faz ficar com os olhos cheios de lágrimas nos mais diversos momentos do dia”, escreveu Mariana.

A apresentadora também falou que se tornou mais sensível depois da maternidade e relatou como está sendo se dividir entre várias atividades durante o dia: “Hoje quando cheguei em casa para almoçar correndo e levar seu irmão pra escola, você chorou muito quando saiu do meu colo. Um choro magoado, saudoso, que só teve consolo quando te peguei de novo… Acabei almoçando com você no colo. Você estava com sono, tinha acabado de almoçar, mesmo assim, acabei te dando de mamar pra acalmar nós dois neste mundo mágico do calor do corpo a corpo. Que vontade de ter todas as horas do dia pra te ninar, pra te deixar dormir no meu peito, pra ouvir tua respiração e aqueles barulhinhos deliciosos que você faz enquanto mama”.

Para finalizar a mensagem, a mamãe coruja comemorou as conquistas do caçula. “Você tem feito cada vez mais barulhinhos deliciosos: dá gritos na nossa cantoria diária de fim de tarde, faz um tatata imitando o ‘tra, lá, tra lá’ da musiquinha em que mexemos as mãos e esta semana começou um mãma, mãma, mãma – que ainda não sei bem se é pra mim ou não – mas é incrivelmente doce. No dia em que você fez 7 meses, engatinhou a primeira vez. E já está ficando de pé no berço para o meu desespero e fascínio”, completou Mariana. A apresentadora é mãe do João, de 7 meses, e do Miguel, de 3 anos – ambos frutos do relacionamento com o jornalista André Luiz Costa.

Confira o post completo:

João 7 meses! Escrevo com quase 2 semanas de atraso, filho. Não imaginava o quanto encontrar tempo seria difícil nesta volta ao trabalho com dois filhos… Tenho experimentado uma angústia que me aperta o coração e que muitas vezes me faz ficar com os olhos cheios de lágrimas nos mais diversos momentos do dia. 
Hoje chorei ao assistir uma reportagem sobre crianças no trabalho… E hoje quando cheguei em casa para almoçar correndo e levar seu irmão pra escola, você chorou muito quando saiu do meu colo. Um choro magoado, saudoso, que só teve consolo quando te peguei de novo… acabei almoçando com você no colo. Você estava com sono, tinha acabado de almoçar, mesmo assim acabei te dando de mamar pra acalmar nós dois neste mundo mágico do calor do corpo a corpo. Que vontade de ter todas as horas do dia pra te ninar, pra te deixar dormir no meu peito, pra ouvir tua respiração e aqueles barulhinhos deliciosos que você faz enquanto mama…. Aliás, você tem feito cada vez mais barulhinhos deliciosos: dá gritos na nossa cantoria diária de fim de tarde, faz um tatata imitando o “tra, lá, tra lá”, da musiquinha em que mexemos as mãos e esta semana começou um mãma, mãma, mãma – que ainda não sei bem se é pra mim ou não – mas é incrivelmente doce.
No dia em que vc fez 7 meses, engatinhou a primeira vez. E já está ficando de pé no berço para o meu desespero e fascínio.
Não acha que tá indo muito rápido, filho?
Eu acho. Tá tudo rápido demais.

 

Tá acabando! Daqui a uma semana, volto a trabalhar! Os últimos dias foram tão intensos que nem deu tempo de escrever nada… 6 meses de João! Começou a sentar, a engatinhar, a balbuciar: baba baba, papa, papa… Os primeiros dentinhos começaram a aparecer… E começamos as frutas, a papinha. E tudo o que vc quer é experimentar cada textura, cada sabor com o corpo inteiro. Colher pra quê? João vai com a mão. Com a boca no prato. Come pouco ainda, mas se lambuza inteiro. E a gente tentando achar uma rotina. Um jeito de driblar o ciúme do Miguel que insiste em te distrair durante as mamadas pra vc desistir de ficar no meu colo… E no meio de tudo isso, vou ter que deixar vcs! Me preparar pra acordar e sair de casa com vcs ainda adormecidos. Me preparar para o peito doer de uma saudade cheia de leite. E dá pra se preparar pra isso?

A photo posted by Mariana Ferrão (@marianaferrao) on

João 7 meses! Escrevo com quase 2 semanas de atraso, filho. Não imaginava o quanto encontrar tempo seria difícil nesta volta ao trabalho com dois filhos… Tenho experimentado uma angústia que me aperta o coração e que muitas vezes me faz ficar com os olhos cheios de lágrimas nos mais diversos momentos do dia. Hoje chorei ao assistir uma reportagem sobre crianças no trabalho… E hoje quando cheguei em casa para almoçar correndo e levar seu irmão pra escola, você chorou muito quando saiu do meu colo. Um choro magoado, saudoso, que só teve consolo quando te peguei de novo… acabei almoçando com vc no colo. Você estava com sono, tinha acabado de almoçar, mesmo assim acabei te dando de mamar pra acalmar nós dois neste mundo mágico do calor do corpo a corpo. Que vontade de ter todas as horas do dia pra te ninar, pra te deixar dormir no meu peito, pra ouvir tua respiração e aqueles barulhinhos deliciosos que vc faz enquanto mama…. Aliás, vc tem feito cada vez mais barulhinhos deliciosos: dá gritos na nossa cantoria diária de fim de tarde, faz um tatata imitando o "tra, lá, tra lá", da musiquinha em que mexemos as mãos e esta semana começou um mãma, mãma, mãma – que ainda não sei bem se é pra mim ou não – mas é incrivelmente doce. No dia em que vc fez 7 meses, engatinhou a primeira vez. E já está ficando de pé no berço para o meu desespero e fascínio. Não acha que tá indo muito rápido, filho? Eu acho. Tá tudo rápido demais.

A photo posted by Mariana Ferrão (@marianaferrao) on

Bagunça boa!

A photo posted by Mariana Ferrão (@marianaferrao) on

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s