Mãe desabafa sobre as contradições da maternidade e post viraliza

Com fortes declarações, Constance Hall fala sobre as questões da vida com 4 filhos.

Ninguém falou para você que a maternidade seria um estado de felicidade plena, cheia de beijinhos, carinhos e fotos posadas para o Instagram. Mas certamente também nunca conseguiram explicar – ou você nunca foi capaz de entender – o que ela verdadeiramente é: uma confusão de sentimentos e emoções que só se compreende mesmo depois que se torna mãe.

Foi sobre essa desorganização interior e sobre a exaustão do dia a dia com os filhos que a blogueira australiana Constance Hall escreveu. Conhecida por desromantizar a maternidade em seus textos, a autora do blog Queens of Constance publicou em seu Facebook um honesto desabafo sobre as contradições que surgem na cabeça das mães com o nascimento dos bebês.

“Você trabalha 24 horas por dia e ainda te perguntam por que você não trabalha. Você não come uma refeição há anos, mas está ganhando peso por comer as sobras. Você está sempre ocupada e, ao mesmo tempo, sempre entediada”, diz a mãe de quatro crianças.

The one family member that nobody ever fights with. 💗 #rottweiler #doglove

A photo posted by constanceandtribe (@mrsconstancehall) on

Must be nice to have NOTHING to do this morning 😒 this Fam Bams lucky their cute 👊🏼

A photo posted by constanceandtribe (@mrsconstancehall) on

Apesar das declarações fortes, o post de Constance foi recebido com tanta representatividade por outras mulheres que rapidamente viralizou e gerou milhares de compartilhamentos.

Veja a publicação completa e, a seguir, a tradução:

“A maternidade é tão confusa.
Você trabalha 24 horas por dia e ainda te perguntam por que você não trabalha…
Seu bebê literalmente comeu as fezes do cachorro ontem e ainda nem sequer experimentou a refeição que você preparou como uma escrava para ele…
Você nunca está sozinha e mesmo assim você sempre se sente um pouco solitária…
Você não tem uma refeição há anos, mas está ganhando peso por comer as sobras…
Você está sempre ocupada e, ao mesmo tempo, sempre entediada…
Você se sente ressentida, exausta e cansada enquanto está completamente apaixonada…
Você olha para a sua criança dormindo e para o homem mais romântico que você conhece, aquele que você escolheu para passar o resto da sua vida, e ele está se coçando enquanto diz ‘agora é uma boa hora para transar’…
Todos estão postando fotos de si mesmos e de suas novas famílias se divertindo de mãos dadas nos campos enquanto você está trancando a porta do banheiro e bebendo cerveja no chuveiro, olhando com repulsa o reflexo dos seus muitos pelos no espelho embaçado…
Você passa todo o seu dia querendo espaço das mesmas pessoas que você nunca quer deixar…
É tão confuso porque você não mudaria uma única coisa”.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s