Crianças decidem o rumo da história em lançamentos da Netflix

Duas novas séries infantis chegam ao serviço com uma novidade e tanto: quem escolhe o que vai acontecer é o espectador. Confira os detalhes!

A Netflix acaba de anunciar sua primeira incursão no mundo das séries interativas. São dois programas, Puss in Book: Trapped in an Epic Tale, um especial do Gato de Botas, que estreia nesta terça-feira, 20, e Buddy Thunderstruck: The Maybe Pile, que vai ao ar em 14 de julho. Voltados ao público infantil, ambos têm versão dublada em português e representam uma nova maneira de assistir TV.

Depois de um breve tutorial, o episódio começa e a história pode seguir rumos diferentes em diversos momentos, como quando há um desafio ou novo cenário à frente. Nesses momentos, uma tela com duas opções aparece e a criança pode selecionar com o controle remoto – ou com o dedo, no caso de dispositivos touch screen – a próxima ação dos protagonistas. “Queremos dar o poder de escolha para o espectador”, comenta Carla Engelbrecht Fisher, diretora de Inovação de Produto da Netflix.

Para se ter ideia, em Puss in Book são 13 pontos de escolha que levam a dois finais diferentes. A combinação de decisões muda a duração da história: o caminho mais curto tem 18 minutos e o mais longo 39. “É uma oportunidade da criança mergulhar fundo nas suas narrativas favoritas e a Netflix, por não ser uma plataforma tradicional, já tem essa característica mais flexível e a interação em seu DNA”, continua Carla.

Foram mais de dois anos para viabilizar as produções e a Dreamworks, com o Puss in Book, foi a primeira convidada a experimentar o novo formato. Na série, o Gato de Botas tem que escapar das garras de um vilão contador de histórias e chegar ao fim de um livro. Nos episódios, o vilão apresenta as decisões a serem tomadas pelo Gato – e seus companheiros do outro lado da tela.

The Maybe Pile, a mesma dupla do recém-lançado Buddy Thundestruck, os roedores Buddy e Darnell, coloca os espectadores para escolher entre experimentos e empreitadas com altas chances de desastres, explosões e risadas. A animação em stop motion é dos criadores de Frango Robô.

As novas atrações são disponibilizadas para grande parte das smart TVs e aparelhos com iOS (iPhone e iPad, com exceção dos modelos mais antigos). Apple TV, Chromecast e dispositivos com o sistema operacional Android ficaram de fora do lançamento. A ideia é que o formato seja uma ferramenta para os estúdios e produtoras contarem histórias de maneira não linear. Um terceiro título, Stretch Armstrong: The Breakout​, está previsto para ser lançado em 2018.

Um dos pontos de escolha da produção Buddy Thunderstruck: The Maybe Pile. (Divulgação/Netflix)

Inspirações

“Hoje, as crianças já conversam e desejam interagir com os personagens dos seus programas favoritos, que por sua vez quebram a quarta parede e falam com o espectador ”, explica a porta-voz. O novo investimento da empresa é, então, uma evolução desse caminho: agora a comunicação tem resultado direto no desenvolvimento da narrativa.

As atrações para a família dominam a audiência do serviço de streaming: mais da metade dos usuários assiste a programas do tipo. “E as crianças já estão acostumadas a interagir com os dispositivos móveis, então foi natural optar por começar com esse público”, aponta a diretora.

Também não é de hoje que o pequeno espectador quer ter poder sobre o que acontece com os personagens. “Como uma criança dos anos 1980, cresci com videogames e os livros do estilo ‘Escolha sua Própria Aventura’, que certamente foram algumas de nossas inspirações”, conta Carla.

A série de livros infantojuvenis mencionada por ela (Choose Your Own Adventure, no idioma original) vendeu 250 milhões de cópias no mundo entre os anos de 1970 e 1990. No Brasil, a série Você Decide, da Rede Globo, fez sucesso nos anos 90 com histórias dramatizadas onde o espectador escolhia por telefone o que iria acontecer com os personagens.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s