3 segredos para cuidar dos problemas intestinais das crianças

Caprichar na hidratação e fazer uso de probióticos são ações que podem acelerar a recuperação dos filhos – e da família toda – em caso de viroses e diarreia

Muitas coisas podem mexer com o nosso bem-estar e atrapalhar o nosso dia a dia – e algumas delas são bem persistentes. As viroses, por exemplo, podem durar dias, e elas são supercomuns nas estações quentes! Uma infecção intestinal dura mais ainda. Uma condição comum para adultos e crianças em situações como essas é a diarreia, que, além de atravancar nossa rotina, ainda pode trazer outros probleminhas a tiracolo.

Um deles é o risco de assaduras. Para evitá-lo, é importante manter o bebê bem limpinho com lenço umedecido. Outra coisa que pode acontecer quando os pequenos têm problemas digestivos ou intestinais é a desidratação. Por ter muito menos peso do que um adulto, uma criança pode se desidratar mais rapidamente. Para que esses incidentes não atrapalhem o seu final de ano, separamos três segredos que podem ajudar a cuidar das crianças e da família toda nessas horas:

1. Já nos primeiros sinais de diarreia, preocupe-se em hidratar bastante o seu filho para que ele não corra risco de desidratação. Uma dica: Floralyte® é um repositor de água e sais minerais que pode dar uma bela ajuda nesses casos. Possui uma variedade grande de sabores, que pode ajudar na aceitação das crianças, e dura bastante mesmo depois de aberto.

2. A reposição de carboidratos também se faz necessária. Uma papinha com frango desfiado, batatas picadas e arroz branco, bem cozidos e com pouco sal, ajuda a recuperar a energia e, além disso, garante uma ingestão básica de proteínas. Algumas frutas podem ser grandes parceiras nessas horas, como uma banana amassada ou uma maçã ralada sem casca. A fome vai voltando aos pouquinhos, naturalmente, então é melhor não forçar se a criança não quiser comer nada.

3. Para acelerar a recuperação, é importante recompor a flora intestinal procurando um probiótico que funcione de maneira rápida, para que possamos voltar para a rotina o quanto antes. Há várias opções nas farmácias, mas Floratil® é o único que ajuda nessa recomposição começando a agir quatro vezes mais rápido¹. O truque é oferecer Floratil® em sachê no sabor tutti-frutti, que vai direto na boca ou misturado em líquidos e papinhas (com a aprovação do pediatra, claro). Outra forma de consumo é em cápsula, para os adultos, ou mesmo para a criança, abrindo a cápsula e misturando o pozinho na mamadeira caso ela tenha dificuldade de engolir. Esse pó é sem sabor, ou seja, não altera o gosto do líquido, e também não muda sua consistência. Floratil® pode ser utilizado a partir do primeiro mês de vida.

E, se o problema for virose mesmo, é muito comum que os adultos acabem pegando e sofrendo com a diarreia por tabela, mesmo depois que os problemas intestinais da criança já tenham passado. Aí os três segredos são os mesmos: hidratação constante, dieta bem leve com frutas, e Floratil® para uma recuperação mais rápida para toda a família.

1. Nicoli J.R. et al. Comparação de seis produtos probióticos contendo Saccharomyces boulardii. Revista Brasileira de Medicina 2005; 62 (4): 151-155
FLORATIL® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
Floratil® (Saccharomyces boulardii-17 liofilizado) M.S 1.0089.0090. Floratil® está indicado como auxiliar na restauração da flora intestinal e também como auxiliar no tratamento de diarreias de diferentes causas.
FLORALYTE® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
Floralyte® (cloreto de sódio, citrato de potássio monoidratado, citrato de sódio di-hidratado, glicose anidra) MS 1.0089.0336. Indicações: Floralyte® 45 é indicado para prevenir a desidratação ou manter a hidratação (após a fase de reidratação), em quadros de diarreia aguda, de qualquer causa, tanto em crianças quanto em adultos. Floralyte® 90 é indicado na reidratação ou para a manutenção da hidratação (após a fase de reidratação), em quadros de diarreia aguda, de qualquer causa, tanto em crianças quanto em adultos. Medicamento isento de prescrição.
SAMM 6293/2016 Outubro 2016
SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s